Organização Pessoal, Trabalho em Casa

Evite distrações ao trabalhar em casa

19 Comentários 06 outubro 2006


Você é um empreendedor que trabalha em casa? Se a resposta é sim, provavelmente deve ter várias distrações durante o dia que minam sua produtividade. As distrações podem ser muito variadas: uma ida até a cozinha e pegar algo para beliscar, parar um pouco para ver algo na televisão ou seus filhos correndo pela casa. Se o seu trabalho é no computador, as tentações podem ser ainda maiores: começar a navegar e ler notícias (ou coisas até menos úteis), verificar as estatísticas de seu site várias vezes por dia, ou ficar no bate-papo com conhecidos.

As distrações são inevitáveis, mas você deve aprender a lidar com elas e evitá-las. Quando você está desenvolvendo um negócio, não pode se dar o luxo de perder o tempo e foco, que são tão preciosos para seu empreendimento, especialmente nas fases iniciais em que quase tudo depende de você.

Uma distração é atraente, basicamente porque nos dá uma sensação de prazer, ou retira a “dor” (sensação negativa) de algo que você está fazendo. Portanto, o que você deve fazer para eliminar a distração? Diminuir sua sensação de prazer, ou dificultar sua ação.

Exemplos: Se você está trabalhando em um problema difícil em seu computador, terá a tentação de ler algumas notícias para aliviar temporariamente aquela tensão. Se você está se sentindo cansado em seu escritório, terá a tentação de deitar um pouco na cama, ou na poltrona e assistir um pouco de televisão.

Para reduzir o efeito das distrações, uma opção é seguir estes passos:

  1. Avalie a distração: Dê uma nota de 1 a 10 a suas distrações, em função do tempo que elas tomam e do prazer que lhe proporcionam. Por exemplo, se você perde 1 hora de trabalho por dia deitado em sua confortável poltrona vendo televisão, esta provavelmente será uma distração de nota alta. Se você gasta poucos minutos por dia olhando a paisagem pela janela (e a paisagem de sua janela nem é tão bonita assim), será uma distração de nota baixa.
  2. Selecione as distrações mais “graves” para tomar uma ação: Pode-se usar uma simples regra 20/80 e selecionar as primeiras da lista, que representem 20% do total de distrações.
  3. Tome ações para diminuir o prazer da distração: O que você precisa fazer é tornar a distração menos atraente. Mude o ambiente ou a situação, para que aquela ação que está lhe tentando, passe a ter um efeito menor sobre você.
  4. Repita os passos 1 a 3 até que suas distrações durante o dia sejam reduzidas: Avalie constantemente o que está lhe distraindo, e faça algo para evitar a tentação. Somente tome o cuidado de não ficar neurótico com isto e procurar eliminar 100% das distrações. Pare no momento em que você achar que sua produtividade já está ótima. De outra forma, perderá mais tempo analisando e eliminando distrações do que com as distrações em si.

Lembre-se que também é possível reduzir o efeito das distrações ao melhorar a experiência das atividades que você deveria estar fazendo. Se aumenta a sensação de prazer ao ser produtivo, diminuirá a tentação das atividades não produtivas.

Alguns exemplos:

a) Você pára todos os dias porque se sente cansado na cadeira de seu escritório e vai assistir televisão.

- Aumente o prazer da atividade produtiva: consiga uma cadeira mais confortável e melhore a iluminação de seu escritório

- Diminua o prazer da atividade que distrai: ao acordar, coloque o controle remoto em um armário em lugar de difícil acesso e desconecte o cabo da tv, desta forma pensará no trabalho que terá para assistir televisão.

b) Você não consegue manter o foco no trabalho que está fazendo no computador, porque acaba navegando na internet.

- Bloqueie a atividade que distrai: use um software como o Temptation Blocker para que você não possa abrir o internet explorer, messenger ou qualquer outro software enquanto deveria estar trabalhando.

- Diminua o prazer da atividade que distrai: mude seu status nos softwares de comunicação (MSN Messenger, ICQ, Yahoo Messenger) para “Ocupado”, e deixe uma mensagem do tipo “Somente disponível para assuntos de trabalho”. Isto certamente diminuirá a disposição de seus contatos para ficar batendo papo com você.

Uma dica final e muito importante: não considero distração o tempo que você dedica a sua família, seus hobbies e a você mesmo. É essencial que você defina um tempo para cada aspecto de sua vida. As distrações discutidas aqui são as que ocorrem durante o tempo que você deveria estar trabalhando. Uma forma de administrar seu tempo, é usando a técnica de “time boxing”… mas isto já é assunto para outro post.





Artigos Relacionados:

  1. O Empreenda Já está de Casa Nova!

Seus Comentários

19 Comentários até agora

  1. Alexandre Custódio disse:

    Muito bom o artigo!

  2. Maysa disse:

    Excelente artigo, muito interessante suas considerações

    Mays

  3. hil disse:

    10 essa materia…
    mas foi por distração q cheguei aqui…
    to indo trabalhar…
    xau

  4. Luiz de Paiva disse:

    Obrigado a todos pelos elogios. Fico feliz que o artigo tenha agradado!

    Abraços

  5. Simon disse:

    Gostei.

    Rec6 it!

  6. Luiz de Paiva disse:

    Obrigado :)

  7. Carol disse:

    Olá.. gostaria de saber.. eu quero trabalhar em casa.. home office … mas não sei quais serviços prestar, ouvi dizer muito em consultoria e marketing é minha área, mas simplismente abro uma e faço o q o cliente pedir?
    Aguargo..
    Ótimas dicas sobre distração para quem vai começar o trabalho em casa.. Gostei..

  8. Luiz de Paiva disse:

    Olá Carol,

    Minha primeira sugestão é que leia o artigo “Você É ou ESTÁ consultor?” que escrevi hoje em meu outro blog:

    http://www.ogerente.com/empreendaja/

    Você não deveria começar a fazer consultoria se ainda não ter certeza do que quer fazer ou como fazê-lo. A consultoria deve dar uma solução para o cliente, e não fazer só o que ele pedir…

    Antes de vender seus serviços, defina exatamente como quer atuar e prepare um material que possa apresentar a seus potenciais clientes. Um breve plano de negócios (pode ser bastante resumido) a ajudará a colocar as idéias em ordem.

    Boa sorte!

  9. NORAVALGY disse:

    oi estou lendo de mocambique e adorei o seu artigo , fiquei ansiosa por ver outro.
    Tambeo estou interessada em ganhar um extra trabalhando em casa, a vida esta cada vez mais cara, e ja vi que irei aprender muito com os seus artigos

    Abracos

    Noravalgy

  10. Luiz de Paiva disse:

    Olá Noravalgy,

    Que bom que as dicas estão ajudando. É importante saber desenvolver seu potencial, mesmo que não seja em um emprego “normal”. O trabalho em casa é cada vez mais comum e as oportunidades cada vez mais frequentes.

    Abraços,

  11. Luciano Leite disse:

    Parabéns pelo artigo,

    Com certeza ainda estamos aprendendo a lidar com esta nova situação que cada vez mais profissionais experimentaram que é a possibilidade do home office.

    Como não fomos treinados para este tipo de situação é natural invertemos as prioridades, perdemos o foco e ao final do dia vem aquela sensação de frustração e culpa. Quem nunca passou por isto que atire a primeira pedra.

    Contudo a troca de experiências, como estas, e a necessidade de maior eficiência e produtividade nos leva
    a adotar uma nova postura.

    Grande Abraço.

  12. Luiz de Paiva disse:

    Obrigado Luciano

    Quando você diz “perdemos o foco e ao final do dia vem aquela sensação de frustração e culpa” acredito que acertou na mosca o que muitos dos que trabalham parte do tempo em casa.

    Realmente temos que trocar experiências para melhorar e crescer como profissionais.

    Abraços!
    Luiz

  13. Orlando Marques Filho disse:

    Gostaria de saber como é que funciona o sistema de trabalho de vocês e como posso desenvolver esse sistema para ganhar dinheiro trabalhando em casa.

  14. Luiz de Paiva disse:

    Olá Orlando,

    Não entendi bem o que você quer dizer. Sou consultor e atuo normalmente em empresas. A única diferença é que nos dias nos quais não preciso ir ao cliente, trabalho em casa… nesta situação, é importante controlar as distrações para manter a produtividade.

    Na realidade não existe nenhum “sistema”.

    Abraços,
    Luiz

  15. alcemir fernandes disse:

    Ótimo o artigo

    Parabéns

  16. Luiz de Paiva disse:

    Muito obrigado, Alcemir!

  17. Otimas dicas Luiz. Realmente MSN tem horas que atrapalha bastante, e nao podemos ser desatenciosos com nossos amigos e clientes.

  18. Luis disse:

    Com o tempo suas tarefas serão tantas que mal terá oportunidade para se destrair. Trabalho em casa faz 4 anos e tem dia que eu ficou louco de tanta coisa online para resolver.


Trackbacks/Pingbacks

  1. Dicas para sua Home Office at Empreenda JA - 25. jan, 2007

    [...] O empreendedor que trabalha em casa precisa inicialmente de muita disciplina para manter o ritmo produtivo. Já falei um pouco sobre formas de evitar as distrações, e agora vou listar algumas das coisas que não podem faltar (e outras que são muito úteis) em uma Home Office (Escritório em Casa). [...]

Compartilhe sua visão

Enviar um comentário

Autor

LUIZ DE PAIVA

Engenheiro, Consultor e
Gerente de Projetos. Veja Mais

© 2014 Empreenda JA. Produzido com Wordpress.

Daily Edition Theme por WooThemes - Premium Wordpress Themes