Empreendedorismo

As pessoas nascem empreendedoras?

10 Comentários 11 abril 2007


Existem diversas razões pelas quais uma pessoa começa a empreender. Alguns vêem uma oportunidade a ser explorada, outros querem aproveitar o conhecimento adquirido em sua carreira profissional, e ainda há os (vários) que iniciam um negócio por necessidade financeira.

Independente da razão envolvida, estas pessoas nasceram com espírito empreendedor ou desenvolveram esta característica ao longo da experiência de vida? Com exceção dos que o fazem por extrema necessidade, eu acredito que todo empreendedor tem este perfil como parte de sua personalidade.

O que acontece é que ao longo da experiência de vida de cada um, as situações vividas levam a pessoa a tomar atitudes empreendedoras ou não. Por exemplo, uma pessoa que sempre quis abrir seu próprio negócio pode ir adiando esta idéia enquanto tiver um bom emprego. Da mesma forma, pessoas sem o perfil empreendedor não se imaginam liderando um negócio mesmo que não estejam satisfeitas com seu emprego.

Então, como você identifica se tem este perfil empreendedor? Não é complicado. Faça uma avaliação de suas atitudes ao longo de sua vida. Você fica pensando em idéias de negócios, imagina como seria ter sua própria empresa? Que atividades você realiza fora da vida profissional? Alguma delas é levada a sério ao ponto de poder se transformar em uma oportunidade de negócio? Durante a vida acadêmica, você aproveitou as oportunidades de realizar tarefas além das requeridas pela instituição?

Talvez você seja um empreendedor nato, mas não passou por uma situação que o fizesse pensar mais a fundo nisso. Se você tem esta dúvida, planeje começar algo em paralelo com seu emprego atual, para ver como se adapta à situação e como se sente com o fator adicional de risco.

Isso não quer dizer que uma pessoa que não nasceu empreendedora não pode tomar uma iniciativa própria nos negócios. Somente acontece que, nestes casos, o esforço de adaptação será muito maior. Empreender significa arriscar, superar barreiras por conta própria, e vencer o medo. O desenvolvimento de habilidades relacionadas ao empreendedorismo ajudará a pessoa a eliminar estas dificuldades e ganhar confiança.

É óbvio que as habilidades técnicas e gerenciais são essenciais para o sucesso de um negócio próprio. No entanto, tudo gira em torno da personalidade e atitude do empreendedor. Se o candidato a empresário não tem a mentalidade correta, correrá forte risco de tomar muitas decisões erradas.





Seus Comentários

10 Comentários até agora

  1. tenho escrito sobre empreendedorismo nos ultimos meses, o que me leva a ler muito sobre o tema, e algumas considerações que considero importantes: 1-Ter uma empresa não siginifica que voce seja empreendedor, mas sim que voce é um empresario. 2- Administrar uma empresa com muita competencia não siginifica que voce seja empreendedor, voce é administrador. 3- Fazer as coisas dentro da empresa além da espectativas, não siginifica que voce é empreendedor, e sim que é um bom profissional, serio e comprometido com o seu futuro.
    Porém, a maioria dos empreemdedores fazem o sitado acima. Pois o mais comum é termos empresarios que são empreendedores, administradores que são empreendedores e com certeza todo empreendedor sempre da o maximo de si em todas as atividades.
    Para mim, ser empreendedor é antes de tudo ter paixão pelo que se faz.Seja o negocio seu ou de outro. Seja a atividade lucrativa ou não. Então, sobre a questão, nascemos empreendedor ou aprendemos a ser?, digo o seguinte, nos tornamos. Quando descobrimos algo faz com que acordamos disposto a ter um dia cheio de problemas a serem resolvidos, quando chegamos ao fim de um dia de cão com uma sensação de missão cumprida. Nesse momento nos tornamos empreendedores.

  2. Luiz de Paiva disse:

    Marcio, obrigado pelos comentários. Concordo com você que se empreendedor não deve ser confundido com empresário, bom profissional ou administrador. Empreendedor é um estado de espírito… e acredito que você precisa ter um pouco disso no sangue para ir adiante…

    Abraços!

  3. Não sei se concorco com a idéia de um empreendedor “nato”. O fato é que se naufragar numa ilha deserta todo o ser humano minimamente dotado vai partir para avaliar as condições, e buscar reestabelecer-se, encontrando soluções novas a partir dos recursos disponíveis. Esse argumento simples, acredito eu, evidência que empreender está mais ligado a uma forma de ver e se relacionar com o mundo, do que a alguma característica única (genética) que diferencie o empreendedor dos outros mortais. Confusão similar ocorreu nos debates sobre liderança no início do seculo XX.

    De qualquer forma seu site é muito interessante, os textos agregam e está de parabéns.
    Carlos

  4. Luiz de Paiva disse:

    Carlos,

    Concordo que na necessidade todos tentarão tomar iniciativas emrpeendedoras. A diferença está na facilidade que cada um tem nesta situação. Alguns tentarão até o último momento se manter “empregados” antes de tomar uma iniciativa própria. Outros partem para empreender na primeira oportunidade. Esta é a diferença que vejo no empreendedorismo “nato”.

    Este é um tema que pode gerar longos debates… e no fundo acredito que todos os pontos de vista tem um pouco de razão.

    Por sinal, não consegui acessar seu blog… por favor me confirme o endereço.

    Abraços!

  5. Ronize disse:

    Gostei de ler os artigos anteriores que descrevem o empreendedorismo.Creio que empreendedor todos somos,apenas muitos de nós por comodismo não investimos pelo próprio comodismo ou medo de arriscar num mundo tão globalizado e principalmente competitivo.
    É hora de analisarmos se queremos investir ou sermos apenas meros observadores.
    Ronize

  6. DEISON FREITAS disse:

    Todos nascem empreendedores. Faz parte da natureza humana. A sociedade é que nos limita, condiciona e constrange. Somos produtos do meio (ou vítimas), em determinado tempo e espaço, sob circunstanciais crenças e valores.

    Todas as crianças inventam moda, com maior ou menor atividade, mas todas criam e inovam. O que as detém são as presilhas que os pais, os parentes e os professores lhes impõem, para “protegê-las” e garantir um “futuro melhor”. cito 2 grandes empreendedores que nasceram com o dum de empreendedor Abilo Diniz e Werren Buffet que viverão com seus failiares noçôes e empreendedor

  7. hildo disse:

    ser empreendedor é ter uma visão plena do futuro,é saber pensar,mudar,inovar pegar conhecimento com as pessoas mais experientes,é ter o pensamento positivo nas coisas e ter liderança na empresa onde cada um possa ajudar o outro.Para mim um empreendedor deve ter 8 características:1°confiança,2°persistência,3°dinamismo,4°flexibilidade,5°criatividade,6°liderança,7°motivação,8°capacidade para assumir riscos.

  8. Luiz de Paiva disse:

    Oi Hildo… concordo plenamente com suas colocações! Obrigado!

  9. GREICE disse:

    SIM, EXISTE O EPREENDEDOR NATO. EU SOU UM EXÊMPLO DISSO. POIS DESDE OS MEUS 6 ANINHOS TENHO O TALENTO NATO PARA OS NEGÓCIOS. POIS DESDE ESSA IDADE, EU JÁ TINHA CARACTERÍSTICAS ESSENCIAIS ÀS PESSOAS DO RAMOS DOS NEGÓCIOS, QUE SÃO:
    1) SABER NEGOCIAR.
    2) SABER ADIMINISTRAR DINHEIRO.
    3) SABER COBRAR.
    4) SABER LIDERAR.
    5) E AMAR O QUE FAZ!
    E FORAM ESSAS CARACTERÍSTICAS NATAS QUE ME AJUDARAM A SER PRÓSPERA NOS NEGÓCIOS.
    E COMO JÁ DIZIA MEU TIO, UM SEMI-ANALFABETO, MAS MAGNÍFICO NO RAMO DOS NEGÓCIOS:
    “O NEGÓCIO NASCEU PARA TODOS, MAS NEM TODOS NASCERAM PARA O NEGÓCIO”. “QUEM NASCEU PARA NEGOCIAR, CONTRATA QUEM NASCEU PARA ESTUDAR”. ” E SE VC TEM O TALENTO PARA OS NEGÓCIOS, USE ESSE TALENTO PARA ENRRIQUECER A VC, E NÃO AOS OUTROS. POIS QUEM TRABALHA PARA OS OUTROS, ENRRIQUECE AOS OUTROS”.
    E É ISSO AÍ!…
    SOMOS OS SOMENTE 3% DA POPULAÇÃO MUNDIAL
    ABENÇOADOS POR DEUS COM O DOM NATO PARA OS NEGÓCIOS!!!

  10. Miguel Dias disse:

    Marcio nobrega um empreendedor não é um empresário, isso é total da tuas ignorância! Mas infelizmente, formam-se assim empreendedores, com a tua mentalidade. Um empreendedor é uma pessoa que inova, que intrpduz modificações com o seu modo de atuar na área em que se intervém. Se não sabes ficas a saber agora!!!!


Compartilhe sua visão

Enviar um comentário

Autor

LUIZ DE PAIVA

Engenheiro, Consultor e
Gerente de Projetos. Veja Mais

© 2014 Empreenda JA. Produzido com Wordpress.

Daily Edition Theme por WooThemes - Premium Wordpress Themes