Empreendedorismo, Plano de Negócios

O Segredo Está no Plano

18 Comentários 20 setembro 2009

planejamento-sucesso-in

Empreendedores, especialmente os de primeira viagem, são um mar de dúvidas.  Qual tipo de negócio dá mais lucro?  Quais são os primeiros passos que devo tomar?  Será que minha idéia vai funcionar?   O ponto que penso em adquirir é bom? O que está “em alta” hoje em dia?

Em dois artigos que escrevi neste blog, “Qual Negócio Devo Abrir?” e “Como Decidir Qual Negócio Abrir“, as dificuldades dos que querem abrir um negócio podem ser vistas nos comentários.  Isto não é um defeito dos empreendedores… pelo contrário, é uma etapa normal do processo de desenvolvimento de um negócio.

Empreender é isso mesmo:  fazer algo diferente, superar problemas, pesquisar soluções…  não existe um manual pronto para abrir um negócio inovador e ter sucesso.  Na realidade, este manual existe sim, mas deve ser desenvolvido pelo empreender a cada novo negócio – ele se chama Plano de Negócios.

Já comentei anteriormente que o plano de negócios é uma obrigação para qualquer novo empreendimento.  Isto, no entanto, não quer dizer que serão necessários meses de planejamento e estudos.  O tempo para preparar um plano sólido pode ser de alguns dias para negócios simples até meses para empreendimentos de grande porte.  Ainda assim, o interessante é que os principais tópicos estão presentes em qualquer tipo de negócio.

O desenvolvimento do plano é tão importante quanto o documento final em si.  Fazer um plano de negócios é um exercício intelectual que ajudará o empreendedor a avaliar todos os aspectos de sua idéia e definir soluções e estratégias para o sucesso.

Estes são os principais elementos na estrutura de um plano de negócios:

  • Detalhamento do Negócio: explica do que se trata o negócio, quais são seus diferenciais, porque interessa ao público-alvo, sua localização e os produtos e serviços que serão oferecidos.
  • Mercado: detalha qual o mercado que o negócio quer atingir, o público-alvo, e qual fatia você pretende conseguir.
  • Precificação: trata-se da estratégia de preços para atingir seu mercado.
  • Posicionamento: indica o contexto em que seu negócio se encaixa em relação à concorrência, e como ele se diferencia.
  • Marketing: indica quais serão as estratégias e as ações para que o público-alvo chegue até o produto ou serviço oferecido.
  • Recursos Humanos: detalha o número de funcionários e a política de contratação, cargos, salários, etc.
  • Finanças: mostra quanto terá que ser investido para abrir o negócio, quais serão os gastos mensais, o potencial de faturamento e os lucros que serão obtidos.
  • Análise SWOT: Indica os pontos fortes, pontos fracos, ameaças e oportunidades do negócio, com um plano de ação para cada um.

A estrutura acima costuma ser suficiente quando o plano de negócios é apenas para consumo interno… ou seja, quando não há intenção de apresentar o plano a investidores e parceiros de negócios.   Planos formais costumam ter outros elementos, como um Resumo Executivo.  Além disso, dependendo do porte do negócio, cada item desta estrutura pode se desdobrar em inúmeros detalhes… muitas vezes é até importante especificar os procedimentos internos que serão estabelecidos (quando o processo for um diferencial estratégico do negócio).

Pesquise mais sobre os planos de negócios, e você perceberá rapidamente que além de não ser um bicho de sete cabeças, é uma ferramenta extremamente valiosa para seus objetivos de empreendedor.




Artigos Relacionados:

  1. O Plano de Negócios é Obrigatório, mas Pode ser Gradual
  2. Plano de Marketing de 1 Página
  3. O que você esta esperando para começar o seu negócio?

Seus Comentários

18 Comentários até agora

  1. Marco Moura disse:

    uma correção, um destes não seria “pontos fracos”?

    “Análise SWOT: Indica os pontos fortes, pontos fortes…”

    parabéns pelo artigo ;-)

  2. Luiz de Paiva disse:

    É isso mesmo, Marco… obrigado pela correção – é isso que dá publicar com pressa. Já alterei no artigo.

    Abraços!

  3. Mônica Camargo disse:

    Parabéns pela matéria, veio exatamente de encontro ao momento que estou passando com um de meus clientes em minha consultoria.

    Mônica

  4. Luiz de Paiva disse:

    Olá Mônica,

    Obrigado pelo comentário… fico feliz em saber que o texto está ajudando.

    Abraços!

  5. Fabiane disse:

    Olá!
    Gostei muito do seu blog…parabéns!
    Estou em um momento de repensar antigos projetos.
    Tenho um pouco de medo pela pouca experiência…mas tenho muita vontade e muitos incentivos para abrir meu negócio.
    Seu blog está me fazendo refetir!!

  6. Luiz de Paiva disse:

    Olá Fabiane,

    É ótimo receber este tipo de comentários… o blog aí para isso mesmo, ajudar empreendedores a desenvolverem suas idéias e sonhos.

    Boa sorte!

  7. Muito boa a matéria, é realmente para abrir uma empresa é importantíssimo o plano de negócios, pois através do mesmo que o empreendedor consegue visualizar um horizonte e tomar as decisões necessárias para o bom planejamento do seu negócio.

  8. thayna disse:

    nossa eu estou pensando em abrir, lojas de roupa no interior,aonde oa pessoas sao alvos, pois nao tem lugar para comprar tem que vir para cidade.O QUE VOCE ACHA? SERA QUE ESTOU INDO PELO CAMINHO CERTO?

  9. Karina disse:

    Artigo ótimo…
    me ajudou muito.

    Parabens

  10. Luiz de Paiva disse:

    Fico feliz em estar ajudando, Karina.

    Abraços!

  11. Brunno Silva disse:

    Quais são os 9 itens principais do plano de negócio ?

  12. Cintya Faccioli disse:

    Parabéns pelo artigo, simples e muito esclarecedor.
    Profa. Cintya Faccioli

  13. CARLOS BASTOS disse:

    BOM DIA;
    ESTOU EM UM MOMENTO DIFÍCIL PROFICIONALMENTE E ESTOU PENSANDO EM INICIAR UM NEGÓCIO DE INDUSTRIALIZAR E SABONETES E VELAS AROMÁTICAS. E SEUS ARTIGOS ESTÃO ME FAZENDO QUESTIONAMENTOS IMPORTANTES, TENHO EXPERÊNCIA COMERCIAL. MAS MUITAS DÚVIDAS NA ÁREA INDUSTRIAL.
    PARABÉNS E SE TIVER ALGUMA SUGESTÃO.

  14. Itamar ferreira disse:

    Parabéns pelo artigo

  15. CLÁUDIA disse:

    EEstava passeando pela net e conscidentemente e por sorte encontrei este espaço.
    Analiando-o como estudante de adm diria q foi um bom aluno rs.Seus textos são curtos,nao enfadonhos e praticos, os temas interessantes ,visualmente o espaço tb é agradavel, sua maneira de escrever é simples e clara perfeita para mostrar seus conheimentos na area e pricipalmete porque seu publico ,uma vez que este espaço é publico, pode ser o mais diverso possivel.
    parabens muito bom mesmo.

  16. Francisco Arildo disse:

    oi tenho muita vontade de mosta meu próprio negocio moro em Manaus no conjunto perto de uma escola partícula montei uma lanchonete e nao deu certo pois na escola ten um lanche e os aluno são poibrido de sai da scola para lancha o que tevo e gostaria de algumas ideias do que monta , aguardo rp obrigado

  17. Helder Mahangue disse:

    gostei muito do site e das dicas no mundo de negocio


Trackbacks/Pingbacks

  1. Finanças para Empreendedores | Empreenda JA - 12. out, 2009

    [...] já que os recursos são sempre finitos.  Aqui entra novamente a importância de fazer um bom plano de negócios, através do qual temos um planejamento claro de quanto tempo pretendemos ter as finanças no [...]

Compartilhe sua visão

Enviar um comentário

Autor

LUIZ DE PAIVA

Engenheiro, Consultor e
Gerente de Projetos. Veja Mais

© 2014 Empreenda JA. Produzido com Wordpress.

Daily Edition Theme por WooThemes - Premium Wordpress Themes